Top Social

[[[ Por Frutinha - Vânia Filipa ]]]

Dias loucos estes

26 de fevereiro de 2015
Faz hoje duas semanas que a esta hora estava a bater mal como o raio. Impressionante como foi há tão pouco tempo mas parte de mim acha que foi há mais. Acho que é esta necessidade de querer esquecer aquele dia tão difícil e tão doloroso. Acho que é o organismo a dizer-me para esquecer aquele dia. 
Claro que nunca vou esquecer, vai estar sempre presente, mas é importante não pensar nele, e não pensar nele tem-me ajudado.

Tem sido dias cansativos; precisava de sair e de ir ao ginásio que tenho tantaaaaaaaaaaaas saudades, já la vão praticamente três semanas. Bem sei que preciso de um dia para mim, mas de momento é totalmente impossível. A minha mãe está dependente de mim, tenho de lhe dar medicação, ajudar no banho, ajudar a vestir, preparar as refeições, sem nunca esquecer a casa, a roupa e os animais que agora me cabem a mim.

Basicamente levanto-me as 8h da manhã e só paro as 22h. É todo um enorme stress. 
Levantar, dar medicação, preparar a fogueira, dar pequeno-almoço na cama, dar mais medicação, colocar outra vez a dormir, tratar dos animais, arrumar a cozinha, preparar almoço, ajudar no banho, ajudar a vestir, meter uma maquina de roupa a lavar, fazer almoço, servir almoço, encher a lareira de lenha, meter a dormir a sesta, voar ate ao trabalho duas horas enquanto ela dorme a sesta, fazer em duas horas o trabalho de um dia, voar para casa, acorda-la, levar lanche à cama, dar medicação, encher a lareira de lenha outra vez, preparar jantar, meter uma maquina de roupa a secar, arrumar a cozinha, fazer jantar, servir jantar, dar medicação, arrumar a cozinha, mete-la a dormir.

Uff que canseira. 
Há dias, enquanto ela dormia a sesta, eu adormeci sentada no sofá. Dormi 15minutos no máximo; posso vos dizer que me souberam a umas três horas tal é o cansaço e a necessidade de descanso.

Agora vou ali, continuar tudo isto e mais alguma coisa.



Segue-me em: [ Facebook ] [ Instagram ]
5 comentários on "Dias loucos estes"
  1. Não consigo imaginar o cansaço que estás a sentir porque nunca estive nessa situação mas desejo que continues a ter força para levar o barco a bom porto.

    ResponderEliminar
  2. Tens que ter muita força e continuar, pensamento sempre positivo é algo que deves manter.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Sei bem o que isso é... Não me importava de, hoje, ainda o estar a fazer porque significava que o meu pai cá estava... Beijinhos e dá muito mimo à tua mãe :)

    Luciana

    ResponderEliminar
  4. Não deve estar a ser fácil... mas força!!! :)

    ResponderEliminar

Desabafa que faz bem à alma