Top Social

[[[ Por Frutinha - Vânia Filipa ]]]

Provavelmente, só quem tem trinta é que entende

24 de novembro de 2014
Ha coisas que mudam só porque sim e sem te dares conta.
Os anos passam e os gostos são outros. E tu nem te apercebes disso, apenas o sentes quando estas em determinada situação e começas simplesmente a alienar.

Sábado a noite foi assim.
Jantar de amigos seguido de uma ida a um festival; festival esse numa tenda gigante.
Assim que entrei senti um murro na barriga, percebi logo ali que a coisa secalhar não ia correr assim tão bem. Comecei a ficar cansada, irritada, farta de levar encontrões, farta de musica aos altos berros, de pessoas aos saltos e aos gritos, do cheiro do tabaco e sabe-e lá que mais, de ver cerveja por tado o lado. Cansei-me, fartei-me. Como fui a boleia, que grande fail da minha parte, tive de aguentar... uma hora... duas.... e mais umas tantas. Digo-vos a dada altura já só me apetecia gritar e chorar. Literalmente chorar, ao ponto de ter os olhos cheios de lágrimas.
Aquilo não era para mim, festivais com gente à pinha não é para mim. Podia ser.... há cinco anos atrás, mas já não é mais.

A idade traz-nos disto, mudanças. 
Além de não gostar daquilo, sei que mereço mais. Já não sou uma miudita de vinte anos que não tem mais para onde ir nem dinheiro para ir a sítios mais giros. Não tenho que me sujeitar aquilo, a levar com encontrões, pisadelas e banhos de cerveja. Secalhar tinha que me sujeitar a isso aos vinte anos. Aos trinta não tenho.

A idade trás-nos disto. Mudanças e sabedoria.

mais sobre o meu dia-a-dia
11 comentários on "Provavelmente, só quem tem trinta é que entende"
  1. Olha que não é só da idade, eu sempre senti isso. Bjs

    ResponderEliminar
  2. Eu percebo o que dizes. Também eu já não tenho paciência para situações de enchente, de ar poluído com tabaco, etc. Há coisas que não me trazem nada de bom. prefiro conviver, prefiro um serão em casa com amigos do que noitadas com multidões.

    ResponderEliminar
  3. Tenho seguido o blog... e senti-me impelida a comentar hoje...
    Isso não é da idade são os gostos que mudam... a idade está na alma... e se mudamos o nosso estado de espírito é natural não queremos fazer coisas que antes gostávamos.. mas se calhar já não er ao que gostava na altura... pois se diz que "se sujeitava"...
    Digo isto porque... eu e o meu marido,* 37 e 39, com 5 filhas, 20*+19*+4+2x17 meses... adoramos festivais, se calhar outros sons.. mas provavelmente opnde os encontrões são mais constantes:) ehehehehe e vamos continuar a gostar... como gostamos desde os nossos 15/16 anos

    Beijinhos... a mudança é boa se o nosso estado de alma acompanha :)

    ResponderEliminar
  4. Ainda gosto de ir a concertos e a festivais de música. Mas já não tenho paciência é para discotecas apinhadas, com música techno que eu não gosto nada. Isto até porque já não me aguento das canelas até às tantas da madrugada como antigamente :P

    ResponderEliminar
  5. @CRIS CRAFTS: provavelmente também me acontecia a mim e eu nem dava por ela ;)

    ***

    @PIMENTA: Tal e qual!!!! uma noitada em casa com amigos, uma jantarada fora, ou assim na loucura um bartzito com musica calma, mas exporadicamente, Querem ver que tou velha :p

    ***

    @TÉ LIMA PIRES: claro que cada caso é um caso, e haverá gente mais nova que eu que já não suporta assim, assim como gente mais velha que adoraaa. Na ão é igual para todos, felizmente, mas no meu caso foi o que me aconteceu.... :s E penso que haverá muita gente a identificar-se com isso. No teu caso TÉ, ainda bem que gostas :D :D força nisso.

    ***

    @KARINA SEM ACENTO: Também gosto de um bom concerto, mas quando digo bom, é mesmo bom. Não é uma tenda apinhada com gente louca. lololol.

    ResponderEliminar
  6. A idade ajuda-nos a ver as coisas de uma forma diferente. E a dar valor a uma jantarada em casa com amigos e serões de conversa.

    ResponderEliminar
  7. Olha eu e os serões a beber chá e a comer bolachas... é o que a alma gosta de fazer

    ResponderEliminar
  8. Eu gosto de concertos ao ar livre e festivais embora dispense ir para o meio da confusão e prefira sítios com menos gente. No entanto detesto discotecas apinhadas de gente e de locais com muito fumo. E também não sou fã de ir para o meio das multidões, parece que me dá uma coisinha ruim.

    ResponderEliminar
  9. @SONIA RM: Mesmo! a mim, isso parece-me um plano bem melhor!

    ***

    @SILVIA MARIA: aii beber chá <3 acompanhado de um bom filme. MARAVILHA

    ***

    @SILVIA: pois é como eu.. gosto de um bom concerto, desde que com as devidas condições sem tar apinhado :)

    ***

    @MRS PAIXÃO: pois, é o que me parece cada vez mais. :)

    ***

    @KATE: és da zona? :D
    pessoalmente não achei o David Antunes nada de extraordinário. Sim gostei, mas acho que empatavam mt e quebrava. Mas o pior ali era mesmo o ambiente, as multidões... enfim, não é para mim.

    ResponderEliminar

Desabafa que faz bem à alma