#

Não há palavras para o dia de hoje. Em trinta anos de vida, até hoje, este foi o dia mais difícil da minha vida. O esperar horas e horas e horas e horas sem saber nada e sem poder fazer nada é uma sensação de impotência, de desespero, de não ter chão, que não há palavras. Qualquer palavra não descreve o dia de hoje.

Amanha. Bem, amanhã é mais um dia muito importante e desejar com toda a força do mundo que traga noticias boas. 

Segue-me em: [ Facebook ] [ Instagram ]

4 comentários

Desabafa que faz bem à alma