Top Social

[[[ Por Frutinha - Vânia Filipa ]]]

Ir a Fátima e vir

30 de março de 2016
Ontem voltei a correr, isto se calhar não interessa a ninguém mas interessa a mim e quiçá aos desportivas que andam por aí e ás pessoas que precisam de um incentivo extra. Andem lá, comecem a correr que agora o tempo é uma maravilha e as oito da noite ainda é dia.

Então sai de casa ainda de dia, mas com o colete refletor posto porque sabia que não tarda seria noite. Estava cansada das voltas habituais onde tenho corrido cerca de 3x por semana, por isso decidi ir em sentido contrario e logo decidia. Talvez fizesse só um km ou dois e voltava para trás onde tenho corrido sempre.

Eu moro relativamente perto de Fátima, cerca de 4km, e fui nessa direção. Assim que botei os pezinhos na estrada principal pensei "dane-se, estou farta de ir dar a volta do costume, vou continuar por aqui além mais um pouco e depois volto para trás". E fui indo, pensei vou até aos semáforos, depois aos primeiros semáforos com a ideia que aos segundos voltava para trás. Aos segundos achei que ainda estava bem e que a ritmo lento podia continuar até aos terceiros semáforos e aí voltava para trás. Quando cheguei aos terceiros semáforos e já a avistar ao longe a rotunda de Fátima mandei lixar tudo e decidi que já que estava ali tinha de ir a Fátima, nem que ficasse com os bofes de fora e tivesse de voltar a caminhar ou nas piores das hipóteses ter de chamar algum carro. Mas estava decidido que ia até a rotunda. E fui.

Cheguei a rotunda e pensei em caminhar um pouco para descansar, mas logo percebi que não estava assim tão mal e que parar ia quebrar o ritmo e ia ser um horror retomar, por isso o melhor era continuar até dar. E fui indo... "Va Vânia até aos primeiros semáforos e depois já podes ir a andar" (sou tão boa a manter conversas comigo própria). Cheguei aos semáforos fresca e fofa e continuei... ate aos segundos, até a loja, até aos terceiros semáforos, até ao café, até a ponte... E assim foi, fui sempre mentalizando que era só até ali, mais este bocadinho, mais este... mais este. E a verdade é que fui e voltei SEMPRE a correr sem parar um único segundo e sem nunca caminhar. Foi uma vitória para mim, até porque acabei e sentia-me bem, capaz de continuar por mais um pouco não fosse a vontade avassaladora de ir ao wc que me assombrou e pensei que não chegava a casa e tinha de parar ali numa borda. Juro.

Não foi muito, foram só 8km. Mas para mim foram 8km vitoriosos. Nunca pensei ir a Fátima e vir a correr, sempre no ritmo e acabar impecável.
Daqui até aos dez é um pulinho, e por isso, hoje há novo treino. Desta vez distância curta a ritmo mais acelerado.

E basicamente é isto, tenho-me sentido maravilhosamente bem desde que recomecei a correr, há coisa de 2 semanitas. Tenho para mim que correr 8km ao fim de duas semanas não é nada mau. Agora é continuar, até porque daqui a um mês e picos tenho uma prova de 12km.
7 comentários on "Ir a Fátima e vir"
  1. Grande corrida mesmo. Quando se pára na corrida é sempre custoso voltar. Vais ver que daqui a um mês e picos vais correr os 12 km na maior.

    Ahhh, eu também mantenho conversas comigo própria quando corro. Já vi que não sou a única doida ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado L.
      Ahaha a sério? as vezes ate peno que sou um bocadinho doidinha lolol

      Eliminar
  2. Eu tenho andado a treinar a corrida na minha passadeira, cá em casa. Nunca tinha corrido, não sabia o que era correr...não sabia que depois de correr a sensação é mais que boa...portanto andamos a treinar para que daqui a umas semana saia para a rua e corra pelo menos metade do que tu consegues correr hehehe :) Bjs

    ResponderEliminar

Desabafa que faz bem à alma