Top Social

[[[ Por Frutinha - Vânia Filipa ]]]

Run baby Run

6 de fevereiro de 2017
Ando super empolgada com a ideia do ginásio lá de casa. Hoje vou buscar um banco que encomendei e tudo se começa a compor.
Ontem como estava sol decidi que era uma óptima oportunidade para retomar ás corridas. Nunca fui grande corredora, a prova mais longa que fiz foram 12 km e não sou propriamente uma corredora rápida. Ainda assim gosto, alivia-me os nervos e limpa-me a cabeça. Depois de uma noite com sonhos terríveis era mesmo o que estava a precisar.
Roupa gira, sapatilhas de top, phones nos ouvidos (sempre de phones) e fita na cabeça. Um dia de sol bom, portanto tinha tudo para dar certo. Mas sabia que a coisa não ia correr muito bem, sabia que estava sem correr à meses e a ideia seria ir a casa dos meus pais e voltar, qualquer coisa como 2km e picos. E fui... e vim. Mas eu juro, pensei que falecia. A minha boca sabia a sangue, doía-me horrivelmente o peito, não conseguia respirar, toda eu bufava e juro que por momentos pensei que me dava ali uma coisinha má.
Fiquei triste e soube-me a pouco. A minha cabeça queria mais, a minha cabeça precisava de mais mas o corpo não foi capaz de responder. Fiz 2,7km e cai para o lado. Claro que isto com a continuação vai la e mais três ou quatro corridas e consigo começar a voltar a rotina. Mas não é fácil gente... Parar e recomeçar é assim uma coisinha do demo para o corpo. Ainda assim gostei, e só espero que o tempo permita continuar. Saudadinhas de fazer assim uma corridinha de 10km como quem não quer a coisa. Faz-me maravilhas. 


1 comentário on "Run baby Run"
  1. Também desisti do ginásio e o meu objetivo é correr mais. Mas eu morro a correr! É que eu acho que tenho rinite, então todo o nariz me arde, dá-me umas guinadas que nem consigo ver bem e fico com uma dor horrível nas virilhas e joelho direito no pós-corrida. Vou ver se começo com calma e isto passa.

    ResponderEliminar

Desabafa que faz bem à alma